A+ A- Tamanho Original
logo webmail Facebook Whatsapp YouTube

Trajetórias e importantes contribuições de Mulheres Negras - Robeyoncé Lima - Elza Soares e Carolina de Jesus

31.07.2020

O Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco - 2 Região (CRP-02) através de sua Comissão de Enfrentamento ao Racismo, em alusão ao décimo ano comemorativo do Estatuto da Igualdade Racial, celebrado no último dia 20 de julho, homenageia trajetórias e importantes contribuições de mulheres negras em nossa sociedade.


Robeyoncé Lima


Negra, feminista, recifense da comunidade do Alto Santa Terezinha na Zona Norte.  É a primeira advogada trans do Estado de Pernambuco a ingressar na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), co-deputada estadual no mandato coletivo de mulheres feministas Juntas eleitas pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). É importante representante da comunidade LGBTTI+ no cenário político. No meio acadêmico lutou ativamente na Faculdade de Direito do Recife (FDR) por representatividade, no ano de sua formação em 2016 surgiu o projeto de extensão universitária em sua homenagem “Grupo Robyeoncê” que se propõe repensar questão de gênero e sexualidade.


Elza Soares


Cantora e compositora brasileira nascida e criada no bairro Carioca de Água Santa. Tem sua caminhada de vida atravessada por processos de superação, encontrou na música um modo de expressar as suas vivências enquanto mulher negra. No ano de 2000 recebeu o título pela BBC, em Londres de Melhor Cantora do Universo, marcando o reconhecimento mundial da sua potência vocal única. Quando perguntam sobre a sua idade, Elza fala que não tem idade e sim tempo, no qual dedica a reinventar suas músicas com o decorrer dos anos. Assim como em 2015 com o lançamento do álbum “A mulher do fim do mundo”, que marca uma nova fase de sua produção artística. Em 2018 chega às lojas a sua biografia autorizada, realizada a partir de 40 horas de depoimento. No mesmo ano foi lançado o documentário My name is now, que narra a trajetória da cantora sob a ótica das referências culturais brasileiras que a arte produzida por Elza carrega. A cantora segue sendo símbolo de resistência e luta na música brasileira.


Carolina de Jesus


Negra, catadora de papel e favelada. Carolina Maria de Jesus foi uma das primeiras autoras negras publicadas no Brasil. Nasceu em 14 de março de 1914, em Sacramento, Minas Gerais. Porém viveu boa parte da vida na favela do Canidé, em São Paulo. Teve uma vida atravessada pela miséria e pela fome. E escreveu sobre isso.  Seus escritos diários deram origem ao seu livro mais famoso "o quarto de despejo", publicado em 1960. A referida obra chegou a ser traduzida para 14 línguas e continua, até hoje, sendo objeto de estudos no Brasil e no exterior. Morreu aos 62 anos , vítima de insuficiência respiratória.

+ notícias

    Clique no mapa para ampliar mapa

    SEDE

    Rua Treze de Maio, 47, Santo Amaro - Recife - PE
    CEP: 50.100-160
    Horário de atendimento: Segunda a Sexta-feira das 10h as 16h
    E-mail: crppe@crppe.org.br

    SUBSEDES

    Caruaru
    Avenida Agamenon Magalhães, 1053 / 2 andar, sala 205,
    Empresarial Boulevard, Caruaru-PE / CEP: 55014-000
    Fone: (81) 3721-6774 / (81) 98379-8586
    E-mail: crppe.valedoipojuca@crppe.org.br

    Garanhuns
    Rua Djalma Dutra, 276-A sala 18
    Heliópolis, Edificio Salute, Garanhuns-PE / CEP: 55296-288
    Fone: (87) 3761-3299 / (81) 98379-8584
    E-mail: crppe.agrestemeridional@crppe.org.br

    Petrolina
    Avenida Guararapes, 1934 / Sala 02 - Galeria Madre Pérola
    Petrolina-PE / CEP: 56302-000
    Fone: (87) 3864-6728 / (81) 98379-8587
    E-mail: crppe.sertaosaofrancisco@crppe.org.br

    Todos os direitos reservados © Copyright 2015 - Conselho Regional de Psicologia Segunda Região - CNPJ: 37.115.516/0001-91

    Desenvolvimento